Primeiro emprego - aprenda controlar o salário

02B90237

02B90237

Até conquistar o primeiro emprego, a relação dos jovens com o dinheiro se restringe às mesadas ou ao dinheirinho extra que eles ganham dos pais para aproveitar o final de semana. Porém, quando são contratados e iniciam a  vida profissional, os jovens passam a lidar com o próprio dinheiro. Começa aí uma nova fase marcada por sonhos, projetos e uma boa dose de deslumbramento.

É comum que no primeiro salário algum sonho de consumo seja realizado. Às vezes é uma roupa, um sapato, um perfume ou até mesmo um passeio especial. O ideal é que as extravagâncias não se repitam todos os meses e que a partir do segundo salário, o jovem comece a poupar e fazer escolhas financeiras que terão reflexos positivos tanto na vida pessoal, como na própria carreira.

Se você  conseguiu o seu primeiro emprego e quer aprender a controlar as finanças, sem abrir mão das coisas boas da juventude, fique de olho nas nossas dicas!

 

Não gaste mais do que você ganha

Normalmente, o salário do primeiro emprego é limitado, especialmente quando o trabalho é em regime de estágio. Nesse caso, é imprescindível manter os pés no chão e não gastar mais do que você ganha. Cuidado com as promoções tentadoras nas vitrines das lojas e tenha bastante bom senso em relação às despesas supérfluas. Um cinema de vez em quando é bacana, uma balada também, mas se você não se controlar, é bem provável que suas finanças se compliquem. Tente equilibrar sua vida social com o seu orçamento!

 

Seu smartphone pode te ajudar

Na era da tecnologia mobile, uma boa alternativa para controlar o salário é utilizar os aplicativos  para gerenciar as finanças e anotar todos os gastos. Cada  despesa deve ser registrada. Simples assim! Em poucos cliques você terá pleno controle sobre as suas finanças, além de poder acompanhar o status das suas contas a qualquer hora e em qualquer lugar. Caso você não tenha nenhum dispositivo móvel (tablet ou smartphone), faça uma planilha no seu computador, mas não deixe de anotar os gastos!

 

Fuja dos cartões, empréstimos e compras a prazo

O uso de cartões, empréstimos e crediários exige maturidade financeira e você ainda está construindo a sua. Evite a todo custo iniciar recorrer a essas ferramentas de crédito. Elas podem comprometer – e muito –  a saúde das suas finanças! O cuidado deve ser redobrado se o seu primeiro emprego for um trabalho temporário ou você ainda estiver no período de experiência. Nessas situações, é melhor não comprometer o salário com dívidas parceladas. Estabeleça prioridades, faça uma reserva financeira e decida com calma a melhor forma de utilizar o dinheiro.

 

Invista em educação para conquistar salários melhores

Esse método é multifuncional, pois além de evitar que você gaste com itens desnecessários, pode acabar te ajudando a conquistar salários melhores no futuro. Converta parte do seu salário em educação: cursos, faculdade, intercâmbio, livros. Esse investimento pode fazer uma grande diferença na sua carreira! O resultado costuma aparecer a médio e longo prazo, mas pelo menos você não canaliza a sua renda para a compra de itens que  não são essenciais.

 

E aí, gostou das nossas dicas? Elas vão te ajudar na gestão do seu salário? Compartilhe conosco as suas opiniões!

]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *