Procura por crédito volta a crescer

noticias-serasa-credito-pessoal-1

A queda constante na taxa de juros referencial (Selic) já começa a surtir efeito no comportamento do brasileiro. Com os juros ajustados pelo Comitê de Política Monetária (Copom) em 7,5%, não demorou muito para que as principais instituições financeiras do país lançassem ao mercado as notícias de redução em suas taxas e juros, seja para compra de imóveis, financiamento de veículos ou crédito pessoal.


Com essas novas taxações na política de financiamento, os especialistas já esperavam que, em breve, a procura por crédito tenderia a aumentar, reaquecendo a economia estagnada desde o 2º semestre de 2011. E segundo uma pesquisa divulgada recentemente pelo Serasa, esse cenário já começa a tomar forma no Brasil.

De acordo com o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, o mês de agosto registrou alta de 3,1% sobre o mês de julho – segunda alta consecutiva (em julho, a alta foi de 8%).


Segundo o estudo estatístico da empresa, a maior alta regional na procura de financiamento ocorreu na Região Nordeste (5,2%). A Região em que a corrida aos bancos foi mais tímida foi no Sudeste (2%). A pesquisa ainda indica que o aumento na procura por financiamento ocorreu em todas as classes sociais, nas mais diversas regiões do território nacional.

A expectativa do Banco Central é que as notícias de redução de juros, consolidação da economia e a recente queda no valor das contas de luz funcionem como estímulo à economia, reaquecendo as compras e, por consequência, ampliando a busca por novos financiamentos.

]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *