Qual o melhor investimento financeiro?

investimentos financeiros

investimento financeiroMuita gente quer investir, mas não sabe por onde começar. Não se preocupe! O Guiabolso criou esse Guia de Investimento pra ajudar as pessoas a tomarem decisões sobre como investir seu dinheiro.

Historicamente, a rentabilidade de investimentos como fundos, Tesouro Direto e Bolsa de Valores fica acima do retorno da poupança. 

A regra para investimento financeiro:

Nossa recomendação é simples e pode ser feita em dois passos:

–> Invista sua reserva financeira em algo seguro: separe o equivalente a, pelo menos, 6 meses de gastos para aplicar em algo que não tenha tanta oscilação como um fundo DI, um CDB, um Tesouro Direto, etc.

–> Invista para o futuro aplicando em títulos de longo prazo e aplicações de risco: o restante do seu dinheiro pode ser aplicado em títulos de bancos médios que rendem mais que o DI e são garantidos pelo FGC (mesma garantia da poupança).

Leia mais: Melhores investimentos financeiros em 2015

Entenda:

  • Investir sua reserva financeira em renda fixa segura

A reserva financeira é uma quantia que você separa para aplicar em algum lugar seguro e de fácil acesso para que possa usar em emergências como uma doença na família e perda de emprego, por exemplo. Recomendamos que essa reserva seja de, no mínimo, 6 meses de gastos. 

Ou seja, se você gasta em média R$ 2 mil, poderia ter uma reserva de R$ 12 mil.

– Quais são os investimentos? Indicamos que você opte por algo que tenha liquidez, ou seja, que você possa sacar a qualquer momento. A gente nunca sabe quando vai rolar um imprevisto e é nessa hora que esse investimento deveria ser usado.

Esses são os casos da poupança (mas esta rende bem pouco), alguns fundos DI e do Tesouro Selic, um título público vendido no site do Tesouro Direto. Os fundos DI inclusive possuem bastante título público na sua carteira. Ao investir num título público, você está emprestando dinheiro para o Governo. Por isso, este é considerado um investimentos seguro.

– Como investir em um Fundo DI ou no Tesouro Direto? A maioria dos bancos oferecem Fundo DI. Mas preste atenção à taxa de administração cobrada: qualquer coisa acima de 1% ao ano não é recomendável.

Já o Tesouro Direto pode ser encontrado em corretoras, sendo estas independentes (não ligadas a nenhuma grande instituição) ou de bancos. Também fique atento a taxa cobrada na aplicação. Atualmente há corretoras que não cobram nada. 

 

  • Investir pro futuro

Depois que você investir pelo menos 6 meses de gastos, você tem mais liberdade pra aplicar seu dinheiro em um investimento que te dê um retorno um pouco maior e que te ajude a conquistar seus objetivos financeiros.

Por que investir em títulos de bancos médios? A rentabilidade desses títulos é maior que a da renda fixa tradicional, como Tesouro Direto. São mais arriscados. Além disso, eles também são seguros porque têm a mesma garantia que a Poupança: em caso de problemas com a instituição financeira, o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) assegura investimentos de até R$ 250.000. A única restrição é que seu dinheiro precisa ficar investido por um tempo determinado (6 meses ou até alguns anos).

– Quanto devo investir? Você deve investir o valor que não está em uma reserva financeira e que você não vai precisar no prazo de carência. Se o CDB tem um prazo de resgate de 6 meses, por exemplo, você não deveria aplicar lá o dinheiro que vai precisar antes disso. Além disso, você deve investir no máximo R$ 250.000 por banco, que é o valor máximo garantido pelo FGC.

Leia ainda: Entenda o que são CDBs antes de começar a elaborar o seu orçamento

Como investir em Renda Fixa?

A melhor forma de investir em Renda Fixa é por meio de corretoras, como XP, Órama e Easynvest. Com uma conta em corretora, você pode escolher diversos títulos de renda fixa e não depende apenas do que o gerente do seu banco te sugerir.

Para comparar quanto as corretoras estão cobrando pelos serviços, acesse o site Bússola do Investidor. É possível comparar até cinco corretoras ao mesmo tempo.

Leia mais: Qual o melhor investimento financeiro para 2015?

Nossas quatro premissas básicas para investimento são:

  1. Simplicidade: você não precisa investir em muitas opções, nem ficar acompanhando o tempo todo o mercado. O mais importante é fazer o set-up inicial e continuar aplicando todo mês.
  2. Segurança: nada de volatilidade com bolsa ou com câmbio para toda a sua carteira. É interessante ter um pouco de risco e assim maior possibilidade de ganho, mas também há muitas opções de baixo risco. Você dorme tranquilo enquanto seu dinheiro rende.
  3. Retorno: antes de aplicar, sempre avalie o retorno histórico da aplicação e o compare com as demais opções.
  4. Saúde financeira: você terá dinheiro disponível para emergências financeiras. Tendo uma reserva de emergência você não precisará recorrer a créditos caros, como o cheque especial, em caso de imprevistos.

Leia também:
As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
50 dicas para aprender como economizar dinheiro
Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
Planilha de gastos mensais: como fazer?

]]>

3 Comments

  1. Acho que fsltou falar da opç?o do tesouro direto: tesouro selic e ipc+

  2. Muito interessante,vou investir

  3. Faz tempo que tenho desejo de investir.
    Meu pai fazia algum investimento... ficou o exemplo.
    Vou procurar mais informações.

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *