Quebrando o mito - é possível economizar ganhando pouco

02F18766

02F18766

Os especialistas afirmam que quem sabe administrar bem o pouco que tem está preparado para administrar o muito que poderá vir no futuro. Isso é verdade, mas também é raro! Não dá para negar que é muito difícil equilibrar um orçamento apertado com um salário reduzido.

Como fazer seu dinheiro render? Será que é possível economizar? Quem ganha um salário mínimo tem que viver no vermelho? Acompanhe o nosso artigo e tire as suas próprias conclusões!

 

Evite o saldo sempre zerado

Você ganha pouco, não fica devendo para ninguém, mas seu saldo bancário vive zerado. Isso não precisa ser regra na vida de quem não possui um salário alto! Contas e bolsos vazios normalmente são sinônimos de falta de educação financeira. Cumpre destacar que mesmo com uma remuneração limitada, é possível se planejar e fazer uma reserva financeira, ainda que pequena.

 

A saída é poupar

Poupar é uma estratégia eficiente tanto para quem recebe R$ 700, quanto para quem ganha R$ 70.000, ou seja, independe do valor. Quem deseja contar com um fundo de emergência, precisa aprender a economizar nos pequenos detalhes, desde a torneira pingando água, até os gastos com alimentação durante a semana.

Isso não quer dizer que o profissional que tem um salário pequeno precisa se privar das coisas boas da vida, mas é necessário bom senso e adequação à realidade financeira. Procure evitar as compras parceladas, as aquisições por impulso e o excesso de supérfluos. Não é fácil, mas com um objetivo bem definido, força de vontade e disciplina é possível estabelecer metas financeiras, definir prioridades e criar estratégias consistentes para economizar.

 

Conheça sua realidade financeira

As pessoas que ganham pouco não economizam por vários motivos e um deles é a falta de consciência sobre suas reais condições financeiras. Elas tomam posse do limite do cartão e cheque especial, como se fosse uma extensão do salário. Assim, elas passam a viver e consumir fora de suas possibilidades.

Quem adota essa postura, mais cedo ou mais tarde terá que “apertar os cintos”. Além disso, essa pessoa está assumindo o risco de se endividar e ficar com o crédito comprometido na praça. Lembre-se que se uma pessoa está no vermelho ou com o nome sujo, é porque em determinado momento de sua vida, acabou assumindo mais compromissos do que deveria ou poderia.

 

Economizar envolve controle e planejamento

É isso mesmo! A organização financeira e o planejamento são requisitos básicos para quem quer poupar. As pessoas que conhecem suas despesas básicas, anotam seus gastos e planejam suas compras, certamente conseguem fazer o dinheiro render. Como se não bastasse, elas têm a clara noção do destino de suas receitas, evitando as típicas surpresas que acontecem no final do mês.

É importante manter um controle financeiro rigoroso, acompanhar as contas de perto, listar as despesas essenciais e colocar na ponta do lápis tudo o que você deve. Feito isso, pague as contas em dia para evitar a cobrança de juros. Pense que R$ 1 pago pelo atraso poderia ser convertido em R$ 1 no cofre, na conta ou na carteira.

 

É possível economizar ganhando pouco?

Seguindo os passos dados acima, é perfeitamente possível economizar! Não deixe de traçar planos, sonhar e suprir suas necessidades. O segredo é fazer tudo mantendo os pés no chão, com sabedoria, controlando os gastos e poupando o que for possível, mesmo sendo uma quantia pequena.

 

Viu como economizar é totalmente possível, mesmo ganhando pouco? Basta se educar financeiramente e estabelecer prioridades. Lembre-se que o dinheiro economizado hoje ajuda a garantir a tranquilidade financeira amanhã.

]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *