Reabertura do comércio: tudo o que você precisa saber

Reabertura do comércio

A quarentena no Brasil já dura 4 meses, e isso significa comércios fechados, empresas adotando o home office e pessoas tentando manter o distanciamento social. Mesmo diante do número crescente de casos de pessoas com o novo coronavírus, no mês de junho, o estado de São Paulo começou a flexibilização do comércio numa tentativa de não fazer a economia parar. Mas, como tudo na sociedade, o comércio também tem que se adaptar a uma nova realidade.

Dicas durante a flexibilização da quarentena

Todos os estabelecimentos que estiverem abertos nesse período devem seguir as normas de higiene, além de terem uma jornada de trabalho reduzida. No caso de  comércios de rua, por exemplo, o trabalho dura  4 horas e fora do horário de pico. Outro exemplo são estabelecimentos como shoppings, que podem reabrir com capacidade limitada a 20% numa tentativa de reduzir a aglomeração de pessoas no mesmo ambiente.

Os comércios serão abertos gradativamente e seguindo o plano que o Governo de São Paulo apresentou. Comércios não essenciais não devem ser abertos no momento e continuar em casa é primordial para que a abertura possa continuar. É importante lembrar que as regras de higiene englobam o uso de máscara obrigatório e uso de álcool em gel, além do distanciamento social de 1,5 metro. 

Pra te auxiliar, separamos algumas dicas:

Acumule tarefas para fazer fora de casa

Ficar em casa vai ajudar com que os comércios possam voltar ao normal mais rapidamente. Por isso, quando precisar sair de casa para fazer compras, acumule tudo o que precisa fazer. Assim, você consegue resolver tudo num dia e ajudar para que  as ruas e os comércios não fiquem aglomerados. 

Priorize as compras essenciais

Se você precisa sair de casa, priorize por comprar as coisas mais essenciais, como mercado e produtos de farmácia. Algumas compras, inclusive, podem ser feitas pela internet e, dessa maneira, você consegue reduzir o fluxo na rua e receber as coisas de deseja em casa.

Compre de pequenos empreendedores

Grandes empresas podem se manter com mais facilidade nessa situação. Por isso, se puder, priorize comprar dos empreendedores do seu bairro. Depois de tanto tempo fechado, o risco dessas lojas fecharem e perderem renda é grande. Procure por aplicativos que possam fazer essas entregas e valorize o trabalho das pessoas do seu ciclo.

Como as empresas terão que se adequar para a reabertura

Se você é empreendedora, vai abrir seu comércio e ainda não conseguiu entender quais são as regras de higiene que foram estabelecidas, vamos te ajudar. Separei por setor de atividade, dessa maneira, entender quais são as regras que te atingem pode ficar mais fácil. 

Alimentação:

Se você for funcionário: controlar o fluxo de pessoas nas dependências da loja; exigir máscara para os funcionários que preparam ou servem as refeições e orientar o uso de luvas; preservar o distanciamento para evitar aglomerações e higienizar mesas e cadeira depois de cada uso.

Se você for cliente: é obrigatório o uso de máscara dentro do estabelecimento e é proibido o compartilhamento de alimentos.

Escritórios:

É necessário restringir aglomeração em espaços comuns; além de indicar a limitação de pessoas nos ambientes; garantir o distanciamento mínimo entre os profissionais, criar espaço exclusivo para o atendimento de terceiros; evitar o acesso de visitas; distribuir material de limpeza, evitar reuniões em locais fechados e evitar elevadores super lotados.

Outro setores:

Tter horários exclusivos para as pessoas do grupo de risco; manter a distância mínima de distanciamento e implementar um horário exclusivo para evitar aglomerações em transporte público.

O empréstimo para o microempreendedor

Se você é empreendedor e depois de tanto tempo fechado, pensou se o empréstimo era a melhor saída, vamos te ajudar. Eu sei, antes de flexibilização, o orçamento da sua empresa deve ter mudado muito, principalmente porque o lucro também deve ter diminuído e se você, não tinha uma reserva de emergência, esse momento deve ter sido crítico. 

Existem muitas exigências para que os comércios possam voltar a funcionar e eu sei que essas exigências pedem que você tenha melhorias. Por isso, buscar um empréstimo pode ser a melhor solução, além de fugir de altas taxas de outros produtos financeiros. 

Como o Guiabolso pode me ajudar com o empréstimo?  

No Guiabolso, você pode simular empréstimos pessoais dentro do aplicativo ou pelo site. São diversos parceiros e você escolhe aquele que faz mais sentido pra você, com taxas baixas e parcelas que cabem no bolso. Além da liberdade de escolha da instituição, você pode fazer toda a simulação sem compromisso para saber quanto irá pagar de juros e parcelas e toda a contratação é 100% online.

Mas não se esqueça de organizar seus gastos no app também. Assim, conhecendo o seu perfil e os seus gastos, podemos sempre te indicar os melhores produtos financeiros.

Mas caso você precise entender melhor como pegar empréstimo para PJ, fizemos um post só pra falar sobre esse assunto. 

Leia mais:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *