Um guia para tirar suas dúvidas sobre refinanciamento de automóvel

Search for cars online

banner-GB
Search for cars online - symbols on computer keyboard
Em nossas vidas, muitas vezes precisamos de uma ajuda financeira, não é mesmo? Seja para conseguir aproveitar aquele final de ano com uma viagem programada há muito tempo, investir em um novo negócio ou empreendedorismo e até mesmo para a quitação de dívidas. Enfim, são vários os motivos que nos fazem buscar por modalidades de empréstimos disponíveis nas instituições financeiras.
Entretanto, a maioria dos empréstimos oferece condições de pagamento desvantajosas, além de ser difícil se enquadrar nos requisitos necessários para a liberação do crédito. Porém, nem tudo é tristeza: o refinanciamento de automóvel pode ser a solução para você.
Esta modalidade de crédito oferece uma grande quantia de dinheiro emprestado, sem a necessidade de maiores aprovações com relação ao seu nome e renda nem o pagamento de altos juros. É ideal para quem já possui um veículo e está precisando de um belo empréstimo pra tocar a sua vida. Quer saber mais sobre esta modalidade de crédito? Continue a leitura…

O que é o refinanciamento de automóvel?

Basicamente, esta modalidade de crédito pede que um carro, já quitado e em nome do cliente, seja utilizado na negociação. Ou seja, você oferece o seu automóvel ao banco como garantia e pode ter direito a um empréstimo de até 70% do valor de mercado do veículo em questão. Como exemplo: se você possui um carro no valor de R$ 100 mil, poderá pegar emprestado até R$ 70 mil da instituição financeira. Logicamente, o automóvel continua sob o seu domínio e uso.

Quem pode realizar esta modalidade de empréstimo?

Qualquer pessoa, desde que seja maior de 18 anos, possua um carro quitado em seu nome e esteja regularizado perante os órgãos de cobrança. Eventualmente, alguns bancos e instituições de crédito possibilitam que negativados e veículos alienados possam se enquadrar no empréstimo, tornando possível o refinanciamento de automóvel também para essas pessoas.

Posso escolher a quantia que quero pegar emprestado?

Sim, é possível, desde que dois aspectos sejam atendidos:

  • Valor de empréstimo de até 70% do valor de mercado do automóvel colocado como garantia;
  • Valor da parcela do empréstimo não pode comprometer mais de 35% da renda mensal.

Para tornar tudo mais claro, vamos analisar um exemplo. Luiz possui um veículo no valor de R$ 50 mil e necessita de R$ 35 mil para investir em seu negócio. Como o valor de empréstimo que ele necessita está dentro dos 70% oferecidos pelo banco, será possível o empréstimo da quantia até o momento. Porém, Luiz tem uma renda de R$ 5 mil e as parcelas comprometem mais do que 35% de sua renda mensal, o que impossibilita o empréstimo que ele desejava no início. Então, Luiz opta por pegar emprestado apenas R$ 20 mil, enquadrando-se em todos os aspectos.

Qual a razão dos juros serem menores?

Como o cliente está oferecendo como garantia um automóvel, um bem de grande valia e utilidade, o banco prevê que a inadimplência e os atrasos no pagamento sejam muito menores dos que os encontrados nos empréstimos convencionais que não possuem garantias. Então, como o intuito do banco não é pedir o seu carro, os juros são menores, uma vez que a taxa de inadimplência também é mais baixa.

Compensa para mim?

Caso você não tenha uma renda muito estável e as suas pretensões sejam menores podendo ser realizadas com um empréstimo mais baixo, analise outras opções de crédito.
Por outro lado, se você possuir uma renda estável e um veículo em seu nome e esteja precisando de uma grande quantia em dinheiro para o desenvolvimento de sua vida, o refinanciamento de automóvel é uma ótima escolha. Dúvidas? Deixe seu comentário!
banner-GB-2
Leia também:
– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?]]>

5 Comments

  1. Vamos aprender...rsrs

  2. Meu carro não esta quitado ainda posso fazer o refinanciamento??

    • Oi, Geovania
      Tudo bem? Segundo as regras do Banco Central, só pode ser refinanciado um carro já quitado. Na prática, porém, alguns bancos e financeiras permitem o refinanciamento de carros não quitados. Na verdade, o que eles fazem é usar parte do dinheiro do refinanciamento para pagar as parcelas que restavam do financiamento antigo e aí sim refinanciar o novo valor. Aqui tem mais respostas sobre este tema:
      https://blog.guiabolso.com.br/2015/09/15/como-fazer-refinanciamento-de-veiculos/

  3. Bom dia!!
    Neste caso como posso proceder na questão do refinanciamento, devo ir direto na agência bancária ou em alguma concessionária ou agência de automóveis ?

    • Oi, Diego
      Você deve entrar em contato com o banco ou financeira que estiver interessado. Antes de ir a sua agência bancária, pesquise as taxas cobradas em outros bancos e financeiras e opte pela mais barata. Se tiver uma proposta formal, pode até tentar negociar no seu próprio banco uma menor taxa de juros.
      Boa sorte!

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *