Saiba se agora é um bom momento para vender seu imóvel

controle-de-despesas-precos-dos-imoveis-1

O momento em que estamos vivendo é bastante nebuloso e os maiores economistas não são unânimes com relação à avaliação sobre se é hora de vender ou de comprar imóveis. Vamos refletir um pouco sobre o cenário vivido pelo setor imobiliário e a tendência nos preços, ajudando o leitor em seu planejamento pessoal e controle de despesas para um eventual investimento no mercado imobiliário.


Corretores e entidades do ramo imobiliário já perceberam que o crescimento do segmento não é tão robusto como há alguns anos. Segundo relatório anual do Banco Central, o volume das operações de crédito habitacional das famílias brasileiras cresceu 327% de 2005 a 2010 – percentual tão animador quanto assombroso e que levantou questionamentos sobre a existência de uma eventual bolha no mercado nacional. Entretanto, em 2011, a queda nas vendas foi de 15%, o que acendeu o alerta no segmento.


O fato do preço dos imóveis no Brasil estarem defasados durante muitas décadas e com muito espaço para crescer, contraria a tese da existência de qualquer tipo de bolha. Entretanto, toda tendência de alta tem um ápice e, posteriormente, a queda natural. Estaríamos em um início de queda de preços?

Segundo a maioria dos especialistas, não haverá uma queda muito brusca nos preços dos imóveis, mas uma desvalorização leve, uma reformatação do mercado, o que pode representar estabilização de preços ou, em alguns casos, queda sutil. Isso significa que a época de forte valorização já ficou para trás e quem comprou imóveis há pouco tempo já pode pensar em realizar lucro, já que os próximos anos podem reservar quedas nos preços dos imóveis.

Quem está fazendo controle de despesas e planejamento pessoal para comprar imóveis deve ter consciência de que provavelmente vai comprar em alta e vender na baixa. Isso porque o momento econômico, com retração no PIB e agravamento da crise na Europa, sugere muito mais a venda do que a compra.

]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *