Saiba como sair do vermelho em 7 passos

42305-saiba-como-sair-de-uma-vez-por-todas-do-vermelho

620x100-gradiente 42305-saiba-como-sair-de-uma-vez-por-todas-do-vermelhoViver na “corda bamba” não é tarefa simples: quando se está com a conta bancária negativa e as dívidas começam a assustar fica difícil encontrar equilíbrio. E essa situação ninguém quer! O que todo endividado busca é sair do vermelho. A boa notícia é que é possível sair dessa situação com organização e paciência. Preste muita atenção ao que fazer para sair do vermelho e manter as finanças em ordem!

Levante o quanto e para quem você deve

Primeira coisa a fazer para sair do vermelho é descobrir as empresas para quem você deve, e o valor de cada pendência. De posse dessas informações, ficará mais fácil avaliar o tamanho do problema e traçar uma estratégia para resolvê-lo.

Negocie seus débitos

Com os nomes dos seus credores em mãos, busque contatá-los. Converse sobre as possíveis formas de pagamento das dívidas, e chegue àquelas que mais estiverem dentro da sua condição financeira atual. Aqui, vale muito ser sincero e realista: nada de assumir acordos que não será capaz de honrar, pois isso implica em novos – e mais graves – problemas.

Pague os acordos em dia

Com os acordos firmados, planeje-se de maneira a não deixar nenhum para trás. As parcelas devem ser pagas em dia, a fim de manter as condições negociadas. Caso isso não ocorra, provavelmente seu nome será incluído nas listas de devedores das entidades de proteção ao crédito. O acordo não cumprido na data combinada perderá o efeito.

Estabeleça um orçamento pessoal

Ter um orçamento é essencial: tanto para conseguir enxergar o quanto você dispõe para as parcelas dos acordos de dívidas, como para não entrar em mais enrascadas financeiras. Portanto, faça uma projeção de ganhos e gastos. Coloque tudo em uma planilha ou adote a utilização de um gerenciador financeiro.

Mude seus hábitos de consumo para sair do vermelho de uma vez por todas

Assim que estiver com suas dívidas negociadas, é hora de reaprender a viver dentro do orçamento. Para conseguir isso, rever hábitos de consumo é fundamental. Então:
  • Abandone o consumismo – compre somente o necessário;
  • Planeje suas compras – desde as menores até as mais caras, cada compra deve ser planejada;
  • Tenha por objetivo não entrar em dívidas – para tal, vale tudo: reduzir os gastos fixos (com alimentação, moradia, carro, contas, etc.),  deixar de comprar supérfluos, e, principalmente, fugir de compras parceladas e de assumir compromissos mensais.

Ganhe mais dinheiro

Para sair do vermelho – e ficar fora de vez –, pode ser preciso acrescentar renda ao seu mês. Afinal, sanear as dívidas, planejar os gastos e colocar mais dinheiro na conta tem tudo para ser a solução que você tanto busca. Dessa forma, tudo que puder ser feito para gerar renda extra deve ser considerado. Há trabalhos freelancer ótimos. Encontre um que seja possível conciliar com seu ritmo de vida. Abaixo, selecionamos algumas dicas de renda extra:
  1. Produção e revisão de conteúdo – a Rock Content mantém materiais ricos para instruir e engajar os candidatos a freelancers. Permite escrever e revisar em qualquer período do dia, e de qualquer lugar, pois a interação entre a plataforma e seus colaboradores é toda pela internet.
  2. Brechó online – crie um perfil bem caprichado para o seu brechó, no Facebook: nele, divulgue produtos que estão sem uso em sua casa e podem ser úteis a outras pessoas.
  3. Cuidador(a) – mais um trabalho que dá para fazer em horários diferenciados, como madrugada e finais de semana.
  4. Alugar quartos em sua casa – sites especializados colocam você em contato com os interessados: Airbnb, EasyQuarto, QuartosBR, AcheQuarto são alguns deles.
  5. Cuidar de cachorros – em sites como o DogHero você encontra donos de cães interessados em hospedagens temporárias para os bichinhos. 

Faça uma reserva financeira

Ter um dinheiro guardado é um jeito praticamente infalível de deixar os problemas financeiros no passado. Com isso em mente, após sair do vermelho, poupe parte dos seus ganhos: assim, caso seja preciso, bastará você recorrer ao que tem. Sem mais fazer dívidas, e pagar caro por elas! Viu só como é viável superar essa fase difícil, e sair dela mais forte e pronto para o que der e vier? Então, anime-se e comece já a sair do vermelho! Dixe um comentário se tem mais alguma dica! 620x100-foto Leia também: – Compare 5 opções de empréstimo pessoal online  As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro  Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?  Planilha de gastos mensais: como fazer?]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *