Trabalhadores CLT: o que posso fazer em momentos de crise?

saopaulo

Por Marcela Rampini

Não serão só os autônomos ou pessoas que têm trabalho informal que podem sair prejudicados com essa crise. Ainda não se sabe se pessoas que trabalham como CLT poderão ter a carga horária reduzida e, consequentemente, seu salário menor. Em todo caso, há o risco do desemprego.

Existem muitas dúvidas quanto a como ficam os direitos trabalhistas agora que as empresas estão de home office (inclusive nós do Guiabolso), quarentena e algumas deram férias coletivas. O jornal Estado de Minas tirou muitas dessas dúvidas nesse link aqui

Com essas atitudes sendo tomadas muito rapidamente, a coisa mais importante é se planejar financeiramente. Por isso, o Guiabolso trouxe algumas dicas de como fazer isso:

Entenda exatamente quanto você ganha

Esse é o momento de sentar com seu holerite e ver todos os seus descontos e entender qual é o valor do seu salário líquido. É a partir deste momento que você deve começar a entender a sua renda e entender os os gastos.

Tem muita gente que não sabe quanto tem de desconto no salário, quanto recebe de fato e pra onde vai esse dinheiro. Por isso, antes de começar a pensar em organizar o seu dinheiro, entenda de fato, qual o valor do seu salário.

Ah, se você tem algum outro tipo de fonte de renda, esse é o momento de incluí-la. Se você vende suas roupas online, se você é revendedora de alguma marca, passeia com os animais dos vizinhos, vende produtos ou é baba nas horas extra. Todo valor que entra, deve ser visto como renda.

Tenha um local para controlar suas finanças

O primeiro passo pra começar a ter um planejamento financeiro é ter um lugar onde controlar todos os seus ganhos e os seus gastos. 

Muita gente ainda usa da famosa planilha do Excel, onde você vai lançar gasto por gasto e começar a entender em quais categorias você tem gastado mais. Recomendamos que você cheque este post em que falamos como acompanhar isso de maneira automática.

Se você ainda quer saber onde você pode economizar nesse tempo de crise, a gente fez um outro texto dando dicas de gastos que podem ser cortados, negociados ou controlados.

Poupe um percentual maior da renda

Se você não entendia a necessidade da reserva de emergência, esse é o momento. Guardar dinheiro nunca foi tão necessário. 

Pense: se sua renda diminuir em 50% pelos próximos meses, por quanto tempo você conseguiria viver assim? É nessas horas que a reserva de emergência entra em ação. Ela pode te ajudar até que você consiga estabelecer um padrão de vida voltado a sua nova renda.

A gente sabe, que não é fácil criar o hábito de poupar uma porcentagem do seu salário, mas em momentos como esse, em que a estimativa de melhora pode passar de 6 meses, a reserva pode ser o plano B de muita gente. 

Já que muita gente está ficando em casa, muito dos gastos como aplicativos de transporte, gasolina, restaurantes e afins vão ser cortados ou diminuídos. Em contrapartida, gastos como água, luz e gás podem aumentar. Por isso, revisar seus gastos e tentar poupar um valor maior do seu salário pode ser uma grande ajuda no futuro!

Costumamos falar para você poupar pelo menos 15% da sua renda, mas se conseguir guardar mais (algo como 20% da sua renda total), melhor. Se não conseguir, comece com um valor menor e torne isso um hábito pelos próximos meses!

Propor antecipação das férias

Muitas empresas optaram por dar férias coletivas aos funcionários já que teriam que parar de qualquer maneira e pagar por esses dias. Se você já está de férias, procure usar esse valor pra poupar e estar preparado para os próximos meses. 

Se você ainda tem dúvidas do que é direito e dever dos empregados e empregadores CLT, deixei um link no começo do texto, do jornal O Estado de Minas, que pode te ajudar. Mas saiba, se você já de quarentena, a empresa deve pagar pelos seus dias em casa. 

Aprender a viver um degrau abaixo

Se hoje o seu custo de vida é de R$ 3000, tente viver com um valor abaixo disso ou procure outras maneiras de ganhar dinheiro. Com a economia sem previsão de melhora tão rápido, o momento é de aprender sobre educação financeira e colocar em prática.

Tente ver esse momento como um momento de poupar mais dinheiro, de reorganizar seus gastos e de viver um degrau abaixo do que você costuma viver. Pode parecer difícil no começo, mas assim como poupar dinheiro, tudo é uma questão de hábito e por que não começar novos hábitos agora?

Não dependa só do seu trabalho CLT para os próximos meses de crise, entenda que todos os lados podem sair afetados. Procure entender mais sobre finanças, comece sua reserva, faça renda extra (ofereça serviços em rede social, por exemplo). O momento de começar é agora!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *