Você sabe como as pessoas usam o limite do cartão de crédito?

limitedocartaodecredito

Por Marcela Rampini

Com tantas ofertas de cartão de crédito e novidades surgindo no mercado, difícil achar quem hoje em dia não possui um cartão no bolso. E ele pode ser um ótimo meio de pagamento por proporcionar alguns benefícios, como pontos e cashback. O problema ocorre quando a conta fica grande e não pagamos a fatura: os juros são um dos mais elevados do mercado.

Sabe qual é uma grande armadilha nisso tudo? O tamanho do limite do cartão. O Guiabolso fez uma pesquisa e descobriu que muita gente tem usado um valor alto do limite todos os meses.

É uma bola de neve! O cartão de crédito pode ser, inclusive,  um vilão maior ainda se for usado em conjunto com o cheque especial. A pessoa se enrola, gasta muito no cartão de crédito, não consegue pagar e usa o cheque especial para conseguir arcar com a fatura.

A pesquisa do Guiabolso mostra quanto as pessoas têm usado do limite do cartão de crédito. Ou seja, se o limite é de R$ 2 mil, o consumidor usa R$ 500 (25%), R$ 1000 (50%) ou um valor acima disso?

Do total de pessoas pesquisadas, 12% usam mais de 50% do limite. O porcentual é maior conforme a renda diminui. Para cartões Gold, cuja renda está na faixa de R$ 1 mil a R$ 7 mil por mês, o porcentual chega a 13%.

% do limite do cartão de crédito usado mensalmente

Uso do limite do cartão de créditoMédia geralGold (renda de R$ 1 mil a R$ 7 mil)Platinum (renda de R$ 7 mil a R$ 15 mil)Black (renda acima de R$ 15 mil)
Até 25%59.84%55.49%62.65%67.37%
De 25% a 50%28.55%31.53%27.16%22.64%
Mais de 50%11.60%12.99%10.20%10.00%

Para não se enrolar, o ideal é sempre ter uma periodicidade para acompanhar a fatura do cartão, seja no aplicativo do cartão ou mesmo em serviços como o Guiabolso; estabelecer um teto de gastos no cartão e não utilizar mais do que o valor que você estipular; e caso, a fatura chegar mais alta do que o esperado, utilizar de um empréstimo pessoal para pagá-la, já que o juro é bem menor.

Para você que já está no rotativo do cartão de crédito e não sabe como sair desses juros, separei 6 dicas para te ajudar!

1 – Reúna todas as dívidas

Antes de pensar em pedir empréstimo, reúna tudo que você precisa pagar, faças as contas e entenda qual vai ser o valor ideal na hora de solicitar seu crédito. Assim, você não vai correr o risco de esquecer alguma dívida, ou pedir valores que não condizem com o que você precisa. 

Ah, não se esqueça: você precisa se organizar para que as parcelas de um possível crédito pessoal caibam no seu bolso pelos próximos meses, tá? Por isso, aproveite esse momento para entender a sua saúde financeira e dar os próximos passos consciente de como isso vai afetar o seu orçamento nos próximos meses.

2 – Entre em contato com as instituições e negocie um desconto para pagar à vista

Agora que você já sabe quais são as suas dívidas, é hora de entrar em contato com cada uma dessas instituições e negociar um desconto para pagar a vista. É muito possível você consiga um bom desconto, ou pelo menos, a diminuição dos juros, inclusive no cartão de crédito. E negociar é a parte mais importante desse processo

3 – Pesquise opções de empréstimos com juros mais baratos

Comece a pesquisar quais são as instituições financeiras que podem te oferecer o crédito que você precisa, com juros que sejam baixos e parcelas que cabem no seu bolso. Esse não é um momento de desespero, então pesquise com calma, faça simulações e entenda o quanto de juros você vai pagar por esse crédito. 

A gente já fez um post para te ajudar a escolher onde você vai pegar seu crédito, além de trazer alguns cuidados para você não cair em golpes. É só clicar aqui.

4 – Quando receber, pague imediatamente

Agora que você já solicitou seu crédito, lembre-se de pagar todas as suas dívidas assim que o valor cair na sua conta. Porque a gente sabe, dinheiro na mão é tentador. Por isso, não se esqueça do motivo que te fez pedir o empréstimo e pague tudo que você já havia planejado no começo do processo!

5 – Diminua ou peça para cancelar seus limites no cartão de crédito e cheque especial

Você deve ter um controle financeira rigoroso nos próximos meses. Se o cartão de crédito ou o uso do limite cheque especial parecerem inimigos nesse processo, peça para diminuir os limites ou a suspensão do cartão até que você se sinta seguro novamente para usá-los ou tê-los ali. Vale lembrar que no caso do cheque especial, você, inclusive, paga por ter esse limite caso o valor seja superior a R$ 500, mesmo se você não usá-lo. 

Esse é um momento você deve ter consciência do que pode levar a sua vida financeira para frente. Então, fique a vontade para cortar e diminuir gastos.

6 – Pague as parcelas em dia

O mais importante, não se esqueça de manter as parcelas do seu empréstimo em dia. Se organize, pague o crédito assim que você receber a sua renda. Dessa maneira você mantém os juros baixos.

Lembre-se, todo processo financeiro deve ser feito com calma e sabendo que vai afetar a sua renda nos próximos meses. Por isso, faça um uso consciente do cartão de crédito e entenda tudo que puder sobre essa modalidade de crédito!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *