Vou casar: O guia financeiro do noivo

wedding-venues-1140x840

Depois de ter se ajoelhado aos pés da pretendente, do “sim” como resposta e de tê-la colocado um anel em seu dedo, o momento é de felicidade. Mas, inevitavelmente, logo o romantismo fica à parte e começam a surgir aquelas delicadas questões financeiras na cabeça. “Como faremos para ter uma festa à altura de nossas expectativas?”, “Quais serão os custos de tudo isso?” e a mais concreta: “Como faremos para pagar tudo aquilo que este momento pede?” São tantas as preocupações, que o sonho corre o risco de ter uma pontinha de pesadelo.

Mas, fique calmo! Para que esse momento não deixe de corresponder à emoção de juntar as escovas de dentes, algumas boas medidas podem ser tomadas. E, pensando na total felicidade do casal antes mesmo da cerimônia, elaboramos um pequeno guia com dicas para salvar, não somente o seu bolso, mas toda a alegria de um bom casamento. Quer saber quais são elas? Então, confira aí!

wedding-venues

Defina como será a celebração

Planejamento é a chave de toda economia. E isso não é diferente quando o assunto é casamento. Por isso, antes de subir ao altar, coloque tudo na ponta do lápis. Estime tudo o que você e a noiva estão buscando para a celebração de seu matrimônio e analise todas as opções que podem ser oferecidas nessa hora. Dessa forma, você conseguirá buscar sempre os menores preços para tudo aquilo que você pretende ter em sua cerimônia.

Quando você consegue definir todos os elementos da celebração, fica mais fácil para contratar as empresas de serviços para o evento. É importante conhecer cada empresa e fornecedor, pesquisar preço e conversar com quem já utilizou o serviço. De nada adianta pagar um bom preço se você não tem garantias de que um excelente trabalho será feito.

Uma união no orçamento

Todos querem que o momento de união do casal seja inesquecível. Entretanto, é preciso saber que dá para ter uma celebração bem memorável, mas que esteja de acordo com a situação financeira dos dois. Por isso, se você realizou a primeira etapa, a de definir como será o seu casamento, está na hora de saber se tudo aquilo que foi planejado caberá no orçamento de vocês.

Segundo pesquisas, o preço médio para levar alguém para o altar no Brasil é de cerca de 20mil reais. Entram nessa conta diversos itens como igreja e salão para festa, o buffet, vestido, convites e até as lembrancinhas. Se você não dispõe de tantos recursos, dá até para simplificar esses gastos e, ainda sim, realizar um casamento incrível.

Um casamento mais barato

Se o casamento foi uma surpresa em sua vida, ou você não tem uma grana poupada para tal acontecimento, existem formas de deixar tudo mais barato. Graças aos avanços da internet e de outras tecnologias, hoje, alguns gastos podem ser reduzidos.

Nada o impede de adquirir peças que poderiam ser de uma celebração alheia. Já foram criados sites que funcionam como verdadeiros “brechós de noiva”, que oferecem, com desconto, desde o espaço reservado para as festas até toda a vestimenta dos pombinhos.

E a vida de casados?

Celebrada a união, todos aproveitaram a grande festa, viajaram para a lua de mel e descobriram que houve uma pequena mudança na vida. E, agora? Como faremos para administrar todas as economias como casal?

Nada de pânico! A vida a dois pode parecer um pouco complicada, mas apresenta as suas vantagens. Uma delas é que, a partir de agora, vocês podem dividir tudo um com o outro: inclusive as próprias contas. É importante, também nesse momento, realizar um planejamento com todas as possíveis dívidas que o casal terá e compartilhá-las de forma proporcional aos ganhos de cada um. Uma boa dica é utilizar uma planilha de gastos para não errar na hora de juntar as receitas e dividir e controlar as despesas.

Se cada um cumprir com sua parte, ambos perceberão que todo aquele esforço para unir as tralhas valeu à pena!

 ]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *